• Arautos d'el Rei
  • Arautos d'el Rei
  • Arautos d'el Rei
  • Arautos d'el Rei
  • Arautos d'el Rei
A estranha "adoção" do Acordo Ortográfico no texto oficial do Orçamento do Estado PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

"Um Estado que não sabe escrever não pode impor uma ortografia aos seus cidadãos" (*)

O Orçamento do Estado para 2012 foi escrito ao abrigo de um "acordo ortográfico" desconhecido até agora. Com efeito, diz logo na segunda página que se trata de um "Texto escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico", mas não especifica se é o de 1990 ou se é outro ainda por infligir, pois aquilo que nos apresenta é uma inédita e curiosa mistura de "regras" ortográficas.
Desacordo OrtográficoAssim, por exemplo, aparecem na mesma página vocábulos como "ópticas" e "ótica" (pág.53), "efectiva" e "efetiva" (pág.69) ou "protecção" e "proteção" (pág.189). Mas há mais, muito mais! Basta ler...

Não obstante, o Orçamento do Estado para 2012 diz que "A adoção [sic] do Acordo Ortográfico, constituirá uma oportunidade para colocar a Língua Portuguesa no centro da agenda política, tanto interna como externamente". Quem redigiu isto, referia-se certamente ao chamado “Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990”, por meio do qual este Estado republicano se arroga o direito de alterar desnecessariamente a ortografia, impondo até mesmo ao Governo um prazo para aplicação das "regras" do dito acordo. Pena é que o próprio Estado não saiba escrever nem saiba quais são as regras ortográficas que deve adoptar...

(*) Sobre este assunto recomendamos vivamente a leitura de um brilhante artigo de Francisco Miguel Valada, publicado no Facebook.

 

Actualidades

O Sínodo de Outubro, sobre a Família, ameaça toda a estrutura da Doutrina Católica sobre o matrimónio, a família e a sexualidade

A Voz da Família (“Voice of the Family”), grupo leigo internacional formado pelas principais organizações pró-vida e pró-família, alertou para o facto de o documento preparatório do Vaticano para o Sínodo de Outubro sobre a Família constituir uma “ameaça a toda a estrutura da doutrina católica sobre o matrimónio, a família e a sexualidade humana”. Numa análise abrangente, ao longo das 77 páginas do documento "Instrumentum Laboris", do Vaticano, a Voz da Família aponta diversos pontos em que omissões e ambiguidade na redacção do texto conduzem a um caminho perigoso para a Fé e para a Família.

Continuar...
 

Ditadura fiscal em plena "democracia"!

Penas mais suaves para as pessoas que não pagam impostos do que para as que cometem crimes de sangue.
Em entrevista ao advogado e fiscalista Tiago Caiado Guerreiro, o semanário "Sol" revelou alguns "exageros" que comprometem os conceitos de liberdade e justiça desta falsa democracia, "rumo ao Socialismo", conforme proclama a actual Constituição republicana.

Continuar...
 

Mais dinheiro dos contribuintes para a desacreditada "democracia" partidária

"A Assembleia da República (AR) paga todos os anos mais do que a lei permite aos grupos parlamentares. De acordo com uma investigação do SOL, as verbas inscritas no orçamento deste ano [2015], por exemplo, excedem em 2,5 milhões de euros o limite estipulado por legislação em vigor." (Semanário "Sol", 31-7-2015)
É sabido que nesta "república democrática" a sobrevivência dos partidos e dos parlamentares desacreditados só é possível por ser financiada pelo dinheiro dos contribuintes. Como se tal abuso não bastasse, acresce agora esta fraude que a Assembleia pratica à revelia da lei.

Continuar...
 

Sugestões de Leitura

porno izle porno izle dizi izle video izle video izle saglikli yasam holiday resort porno izle porno izle porno izle porno izle webmaster forumu ara beni