• Arautos d'el Rei
  • Arautos d'el Rei
  • Arautos d'el Rei
  • Arautos d'el Rei
  • Arautos d'el Rei
Dilma Rousseff, Lula da Silva, PT: A estratégia de descredibilização dos poderes legislativo e judicial como meio para a implantação do projecto ideológico do socialismo do século XXI no Brasil
Sexta, 22 Abril 2016 14:04

José Filipe Sepúlveda da Fonseca

No domingo, dia 17, foi dado um passo decisivo para o processo de destituição de Dilma Roussefff.
O Brasil assistiu nos últimos meses a gigantescas manifestações em São Paulo, no Rio de Janeiro e em outras importantes cidades, onde milhões de pessoas têm reclamado a prisão de Lula da Silva, a destituição urgente de Dilma Roussefff do cargo de Presidente da República e o fim do governo do PT.

Fora Dilma

Continuar...
 
Quo vadis, Domine? - Reverente e filial Mensagem do Príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança a Sua Santidade o Papa Francisco I
Quarta, 12 Fevereiro 2014 16:57

Movimentos comunistas ultra-radicais e violentos, são convidados a participar em reuniões promovidas por importantes organismos da Santa Sé, sendo um deles recebido pelo Pontífice.

__________________________________________________________

Príncipe Dom Bertrand de Orleans e BragancaDirijo-me a Vossa Santidade em meu duplo caráter de Príncipe da Casa Imperial do Brasil e ativo participante da vida pública de meu País, para lhe externar uma grave preocupação concernente à causa católica no Brasil e na América do Sul em geral.

É bem conhecido dos brasileiros o fato de que foi a instâncias do Papa Leão XIII, e apesar dos previsíveis inconvenientes políticos que daí adviriam, que minha bisavó, a Princesa Isabel, regente do Império, assinou a 13 de maio de 1888 a Lei Áurea, abolindo definitivamente a escravatura no Brasil. Custou-lhe o trono, mas valeu-lhe passar à História como A Redentora, e receber das mãos do Papa a Rosa de Ouro, em recompensa pela sua abnegação em favor da harmonia social e dos direitos dos mais desvalidos.

Movido pelo mesmo senso de justiça e devotamento ao bem comum de meus antepassados, honro-me em ter dado início e animado durante 10 anos a campanha Paz no Campo (1), a qual promove a harmonia social no agro brasileiro. Tarefa tanto mais imperiosa quanto, nas últimas décadas, o meio rural do País vem sendo notoriamente conturbado por uma sequência de invasões de terra, assaltos, destruição de plantações, desapropriações confiscatórias, exigências ambientalistas descabidas e insegurança jurídica.

Continuar...
 
Grandes Portugueses - Rainha D. Maria I
Quinta, 14 Abril 2016 15:26

Segundo Centenário da morte de S.M. Fidelíssima a Rainha D. Maria I, "A Piedosa" (1816-2016)

Rainha D. Maria IProclamado a 16 de Dezembro de 1815, o Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves teve como titular a então Rainha D. Maria I. Viria ela a falecer em Março do ano seguinte, sendo sucedida no Trono pelo filho, D. João VI, e este, já no Brasil proclamado Império, por D. Pedro I. Assim, ainda que fugazmente, foi ela a nossa primeira soberana.
Mais velha das quatro filhas de El-Rei D. Jose I e da Rainha D. Mariana Vitória de Bourbon, D. Maria Francisca nasceu em Lisboa a 17 de Dezembro de 1734, ascendendo ao Trono pela morte do pai como D. Maria I de Portugal, Rainha Fidelíssima, em 13 de Maio de 1777. Casara-se em 1760 com o tio paterno, Infante D. Pedro, que se tornaria D. Pedro III, jure uxoris [em direito de uma mulher], nascendo dessa união seis filhos.

Continuar...
 

Actualidades

No país da "Liberdade, Igualdade, Fraternidade", os muçulmanos são tratados como "elite" especial, com mais liberdade, superioridade e privilégios...

Na França, os muçulmanos estão acima da lei e ainda beneficiam da cobertura das autoridades para transgredi-la impunemente, em nome dessa «tolerância» que persegue implacavelmente os Valores da Civilização Europeia. Veja aqui a reportagem.

 

"Alá não ama os infiéis" (Corão, Sura 3:32)

10 ensinamentos do Corão para ajudar a entender o Islamismo, o chamado "Estado Islâmico" e os muçulmanos "moderados" (o Corão também é para estes...). Leia aqui.

 

Nem o Sínodo dos Bispos, nem qualquer outra instância eclesiástica tem autoridade para mudar a Doutrina da Igreja.

"A Igreja não foi a autora dessa lei [da Lei Moral, tanto da Natural como da Evangélica] e não pode portanto ser árbitra da mesma, mas somente depositária e intérprete, sem nunca poder declarar lícito aquilo que não é, pela sua íntima e imutável oposição ao verdadeiro bem comum do homem" (Paulo VI, Humanae Vitae, 25 de Julho de 1968, nº 18).

Continuar...
 

Sugestões de Leitura

porno izle porno izle dizi izle video izle video izle saglikli yasam holiday resort porno izle porno izle porno izle porno izle webmaster forumu ara beni