• Arautos d'el Rei
  • Arautos d'el Rei
  • Arautos d'el Rei
  • Arautos d'el Rei
  • Arautos d'el Rei
14 de Julho - O Dia Nacional da França comemora uma mentira revolucionária
Quinta, 14 Julho 2016 13:54

Como é sabido, o 14 de Julho é o Dia Nacional da França. Trata-se da data em que os arruaceiros republicanos da Revolução Francesa tomaram a fortaleza da Bastilha (em 1789) por eles considerada um símbolo odioso da Monarquia e do Poder Real. A realidade, porém, é completamente diferente, conforme nos revela o historiador Armando Alexandre dos Santos (*):
Tomada da Bastilha«A propaganda revolucionária, habilmente conduzida, exagerou muito certos pontos fracos do Ancien Régime e mentiu deslavadamente em outros. Por exemplo, transformou a Bastilha –  em cujas masmorras gemeriam centenas de pobres infelizes aprisionados por arbitrárias ordens que o soberano expedia nas suas famosas lettres de cachet – em símbolo da prepotência e da tirania do Rei.

Continuar...
 
Portugal, campeão europeu!
Quinta, 14 Julho 2016 10:53

José Filipe Sepúlveda da Fonseca

O dia 10 de Julho de 2016 irá ficar inevitavelmente associado, na memória de todos os portugueses, à conquista pela Selecção Nacional do título de campeão europeu de futebol no Euro 2016 em França.

Foi uma vitória numa grande competição internacional há muito esperada e que nos vinha escapando há várias décadas desde os tempos de Eusébio, quando Portugal alcançou o 3º lugar do Campeonato do Mundo de 1966.

Este feito inédito do futebol português gerou ondas de alegria e contentamento por todo o país e além-fronteiras, de forma especial nos países onde a presença de emigrantes portugueses é muito forte, a começar pela própria França, onde o apoio à Selecção foi entusiástico e decisivo.

Timor comemora vitória de PortugalEm Timor, a população saiu às ruas para comemorar entusiasticamente a vitória de Portugal. O Império Lusíada está vivo!

Continuar...
 
O Brexit e o Ocaso do Ocidente
Quarta, 13 Julho 2016 14:20

Roberto de Mattei

Corrispondenza Romana, 29-6-2016

«O NÃO à União Europeia foi um protesto contra a arrogância de uma oligarquia que pretende decidir, sem o povo e contra o povo, quais são os interesses do povo.»

O referendo inglês de 23 de Junho (Brexit) chancela o colapso definitivo de um mito: o sonho de uma “Europa sem fronteiras”, construída sobre a ruína dos Estados nacionais.

GBP vs EUROO projecto europeísta, lançado com o Tratado de Maastricht de 1992, continha as sementes da sua autodissolução. Era inteiramente ilusório pretender realizar uma união económica e monetária antes de uma união política. Ou, pior ainda, imaginar servir-se da integração monetária para impor a unificação política. Porém, tanto e ainda mais ilusório era o projecto de chegar a uma unidade política extirpando as raízes espirituais que unem os homens em torno de um destino comum.

Continuar...
 
Poder do Povo – um contra-senso
Quarta, 13 Julho 2016 14:15

"A Democracia declara que o Poder reside na multidão. Formularemos, então, o seguinte dilema: ou a multidão é, ao mesmo tempo, governante e governada (e logo se vê que isto é contra a razão e totalmente impossível na prática) – ou a multidão delega o governo de qualquer maneira, indicando, ela própria, quem deve governá-la. (…)

"A Soberania do Povo foi sempre um logro. Soberano – dizem -lhe – por intermédio dos seus delegados. Esses delegados, escolhidos nos centros partidários, não são mais do que agentes de certas facções, cujo fim determinante é o assalto ao Poder. E assim, em nome da soberania popular, tem lugar a mais hipócrita e astuciosa soberania dos partidos.

"Nem admira. O ponto de partida, quimérico e perigoso, havia de produzir estas consequências...
"Logo, a Democracia, baseando-se na atribuição do Poder à multidão, que nunca o chega a exercer de facto – é um contra-senso."

João Ameal em “Integralismo Lusitano – Estudos Portugueses”, 1932

 

Actualidades

«O Estado é a instituição do roubo em grande escala»

Deputado ao Parlamento Europeu pela Grã-Bretanha, Godfrey Bloom denunciou a hipocrisia dos eurocratas que sobrecarregam as nações com impostos enquanto eles se colocam ironicamente acima das leis tributárias que eles próprios forjam e defendem.

Continuar...
 

«O esgotamento do regime foi claro no desespero com que sequestrou a selecção nacional em Belém. Isto não deve estar nada bem, para os oligarcas precisarem tanto do futebol.»

«Uma coisa foi a vitória da selecção no campeonato da Europa, onde nunca perdeu a cabeça, mesmo depois de perder Ronaldo; outra coisa foram as celebrações populares na rua, que esperavam ocasião desde 1966;...

Continuar...
 

No país da "Liberdade, Igualdade, Fraternidade", os muçulmanos são tratados como "elite" especial, com mais liberdade, superioridade e privilégios...

Na França, os muçulmanos estão acima da lei e ainda beneficiam da cobertura das autoridades para transgredi-la impunemente, em nome dessa «tolerância» que persegue implacavelmente os Valores da Civilização Europeia. Veja aqui a reportagem.

 

Sugestões de Leitura

porno izle porno izle dizi izle video izle video izle saglikli yasam holiday resort porno izle porno izle porno izle porno izle webmaster forumu ara beni