• Arautos d'el Rei
  • Arautos d'el Rei
  • Arautos d'el Rei
  • Arautos d'el Rei
  • Arautos d'el Rei
Grandes Portugueses - Duarte Pacheco Pereira
Segunda, 18 Agosto 2014 16:02

Navegador, Militar e Cosmógrafo (1460-1533)

Duarte Pacheco Pereira

A rivalidade entre os reinos de Cochim e Calecute

O último rei do Malabar, segundo se deduz da história nebulosa dos primeiros tempos da Índia, foi Saramá Perimal a quem se refere Camões no Canto VII de Os Lusíadas. Este rei, representante da antiga dinastia dos Cheras, repartiu o seu reino vasto por amigos e parentes, deu a um deles o título de Samorim e a função de exercer soberania sobre todos os outros e dirigiu-se em peregrinação à cidade santa de Meca, de onde não voltou à Índia. Faleceu em Judá. O Malabar ficou, então, dividido em quatro reinos: Cananor, Cochim, Coulão e Calecute.

Até ao século XII era o de Cochim o mais poderoso, o estado hegemónico. O seu rei usava o título de Samorim, que significa rei do mar, mas que na realidade tem o sentido de imperador. A partir daquela data Calecute assume a supremacia e exerce a hegemonia política sobre todo o território que outrora fora de Perimal. O título de Samorim passa para o rei de Calecute.

Continuar...
 
Estados Unidos: "War comes home"...
Sexta, 04 Julho 2014 15:17

Durante o período da ascensão do Nazismo na Alemanha, eram bastante frequentes as rusgas policiais às casas de pessoas tidas como inimigas do regime. Destas rusgas, quase sempre violentas e abusivas, resultavam prisões, maus tratos e até mortes, embora as vítimas fossem muitas vezes inocentes. Era uma forma de amedrontar a população e de inibir possíveis reacções políticas para mais facilmente se estabelecer a ditadura, como efectivamente veio a acontecer com a ascensão de Hitler ao poder, em 1933.

Obama e HitlerHussein Obama e Adolf Hitler: O amor à pátria faz patriotas, o amor aos ditadores faz idólatras e fanáticos...

Continuar...
 
Homem ou mulher, eis a questão!
Terça, 24 Junho 2014 15:21

SuperdivertidoTenho escrito com alguma frequência sobre os sinais de decadência da civilização ocidental. Foi uma civilização que engordou, aburguesou-se e perdeu o nervo. Esses sinais de decadência são, em geral, comuns a outras civilizações em iguais períodos. No declínio do Império Romano verificaram-se muitos dos sintomas que hoje observamos nos corpos doentes das nossas sociedades: sobrevalorização do prazer em detrimento do dever, explosão dos sentidos, confusão de valores, desaparecimento de referências, ausência de objectivos colectivos, avanço da homossexualidade, instabilidade familiar, etc. Quando abrimos a TV, há uma frase que se ouve constantemente nos programas de grande audiência: "Isto é superdivertido!". O mais importante nos dias de hoje é ser 'superdivertido'.

Continuar...
 

Actualidades

Os muçulmanos tentam trazer para a Europa e para a América o seu sistema de vida falido e querem arruinar os países que os acolhem da mesma forma que destruíram os países que abandonaram.

Muitos leitores já devem conhecer as considerações que abaixo transcrevemos, pois têm sido frequentemente veiculadas na Internet, tanto em mensagens de correio electrónico como em apresentações de Power Point. Como são bem acertadas e verdadeiras, achámos por bem reproduzi-las também aqui no nosso Site, juntando-nos assim àqueles que têm tido a lucidez e o bom senso de denunciar uma situação que está a colocar em perigo a existência do Mundo Cristão Ocidental.

Continuar...
 

Ao celebrar os seus 40 anos, a Revolução do 25 de Abril de 1974 em quase nada alterou as metas que dizia ter para a sociedade portuguesa e entre as quais estava a construção de uma "democracia pluralista".

Pelo contrário, o Socialismo tem prevalecido como marca ideológica imposta pela Esquerda, empurrando Portugal para as vias do autoritarismo, desacreditanto seriamente o regime e inviabilizando uma alternativa de governo pela sistemática diabolização da Direita.
Leia mais aqui para ver como o 25 de Abril lançou Portugal nas vias do autoritarismo de uma “democracia popular” alinhada com os desígnios do comunismo internacional.

 

A Rádio Vaticano juntou-se às comemorações dos 30 anos do movimento comunista MST

No Brasil, movimentos comunistas como os "Sem-Terra" (MST) e "Via Campesina" têm um ódio especial às fazendas e às empresas que mais se destacam pelo seu progresso e pela contribuição que dão ao desenvolvimento económico do país.
"É necessário criar dificuldades às classes trabalhadoras para que elas se revoltem", dizia Lenin.

Continuar...
 

Sugestões de Leitura

porno izle porno izle dizi izle video izle video izle saglikli yasam holiday resort porno izle porno izle porno izle porno izle webmaster forumu ara beni